BH – Amo você radicalmente!

|

Lacerda: 43,59%
Quintão: 41,26%


O orgulho e a indignação de um eleitor

Há 16 anos atrás, o povo de Belo Horizonte fazia sua opção democrática por um governo progressista, depois de passar toda sua história nas mãos de governos conservadores. Eu participei desta festa, eu ajudei a eleger Patrus Ananias, homem público de ilibada reputação.

Durante estes 16 anos a capital seguiu seu destino, resistindo às investidas de governos conservadores instalados no palácio da liberdade que buscaram, incansavelmente, retomar o poder na Prefeitura Municipal.

Este povo, consciente das escolhas feitas no passado e do sucesso das gestões de Patrus Ananias e Célio de Castro confiou a Fernando Pimentel em 2004, mais um mandato.

Por sua vez, Pimentel, ao invés de conduzir o seu legado dentro da aliança de forças progressistas, e manter o nosso orgulho de independência de governos conservadores, submeteu-nos a esta humilhação aliando-se, exclusivamente por suas próprias aspirações políticas e de seu de seu grupo, a este governo corrupto, mentiroso e oportunista do Sr. Aécio Neves do PSDB.

Ao Prefeito Pimentel é preciso dizer que, é sonho antigo de todo eleitor de esquerda em Minas Gerais ter uma candidatura capaz de viabilizar uma aliança de governo progressista e, obter nas urnas a legitimação popular e uma vitória inequívoca para chegar ao Palácio da Liberdade.

Penso, neste momento, que Pimentel traiu as minhas aspirações e de muitos outros eleitores e, deu mostras de qual é o seu verdadeiro caráter. Tenha certeza de que o Sr. não será o meu candidato ao Governo de Minas em 2010.


Legado do PSDB em Minas

Para refrescar a memória do leitor, que em passado recente, quando o mandatário do Palácio da Liberdade era o atual Senador Eduardo Azeredo, lesou o estado e o seu povo com a obliteração do patrimônio público tal como nas gestões fraudulentas que inviabilizaram financeiramente o BEMGE e o Credireal. É de seu legado, também, a venda a preço de banana de quase 1/3 das ações com direito a voto da CEMIG para o grupo “Oportunist” de Daniel Dantas. Isto tudo sem falar de todo o sucateamento da máquina pública, escolas, rede de hospitais, sistema carcerário, enquanto era praticado o achatamento dos salários do funcionalismo.

É com Eduardo Azeredo, tido e havido como homem público probo, que se iniciou o que veio a se chamar de mensalão, invenção genuinamente do PSDB mineiro. Basta!


O sonho do menino do Rio

Está claro que a pretensão do Governador Aécio Neves não tem nada a ver com os interesses do município de Belo Horizonte e de sua população. Esta suposta aliança é um experimento, um embuste estrategicamente concebido tentando uma pavimentação política em busca de viabilizar sua candidatura presidencial para 2010. É uma jogada ousada, que visa, no âmbito da direita corrupta e conservadora, tirar da disputa presidencial o Governador paulista José Serra, um impecilho real às suas pretensões políticas.

Mas tomem cuidado, José Serra é um homem astuto e goza do privilégio de ser o queridinho da mídia paulista. Não seria impensável a vida privada de Aécio ser espinafrada pela Veja, assim como a Folha de São Paulo tirou Alckmim do caminho de Serra na campanha de Kassab.


A resposta das urnas

De nada adiantou cooptar os meios de comunicação com altas verbas publicitárias, fazer ingerência para demitir das redações jornalistas opositores, silenciar veículos de informação de forma autoritária e truculenta e, ainda, fazer uma campanha milionária e desigual, com uso ostensivo da máquina pública e da suposta imagem positiva dos mandatários Aécio e Pimentel para alavancar a campanha da sua marionete.

O povo de Belo Horizonte, mesmo sabendo o que representou o último governo do PMDB na capital com Sérgio Ferrara manifestou, claramente neste domingo, seu repúdio a esta aliança esdrúxula. Se tivermos que escolher o PMDB para repudiar este factóide chamado de Governo da Aliança, assim o faremos, com muito pesar, mas assim o faremos.

2 comentários:

Groo Veiga disse...

E, como sempre, as urnas, às vezes, surpreendem. Teve "pesquisa" manipulada aí também? Aecinho deve, no íntimo, estar torcendo pela Marta em SP. Se o Kassab ( tem voz de patolino...!) ganhar, adeus presidência pro Aecinho.

Lingua de Trapo disse...

Groo Veiga, você acertou na mosca!

 

©2009 Língua de Trapo | Template Blue by TNB