O DESABAFO DO HÉLIO BORBA, O APOSENTADO INVOCADO

|


Sinceramente, Paulo Skaf é mesmo um grandissíssimo filho da p...

É só levando na brincadeira que a gente consegue aguentar esse sujeito, que diga-se de passagem, também é um escroto. E essa musiquinha é para ele.



A letra está aqui.

Manda aí Hélio, pois não será este Língua de Trapo que irá tirar o seu direito de ser o nosso combativo Aposentado Invocado.

A FIESP, suas reivindicações e o povo brasileiro

Para a FIESP, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, o governo brasileiro tem que atender todas as suas reivindicações não importando as consequências para o resto do país.

Os juros nunca estão baixos o suficiente, se caem 1,5% deveria ser 2,0%, mas na verdade a taxa Selic para a FIESP deveria ser zero.

Nós estamos mais do que conscientes que, apesar de todo o trabalho e esforço do presidente Lula e sua equipe, a pobreza desumana ainda é uma realidade no nosso país. São milhões de pessoas morando às margens de rios, em favelas que degradam a condição humana, em solos áridos e de difícil tratamento e a crônica necessidade de renda para a população. São milhões em sofrimento e o governo Lula tenta desesperadamente trazer um alento na melhoria dessas condições muitas vezes catastróficas.

Os empresários da FIESP capitaneados, atualmente, por Paulo Skaf, que passa uma impressão de homem rude e de trato difícil estão sempre descontentes com qualquer medida econômico-financeira do governo. São pessoas que só vêm seus lucros e o aumento de suas riquezas.

A atitude correta da FIESP é vir a público e dizer que o Brasil pode contar com o capitalismo, que eles representam, para impulsionar a economia e a criação de empregos. Quando reivindicam a diminuição dos juros e são atendidos devem ter em mente que é necessário um tempo de maturação para saber se a tão temida inflação, que é o desastre maior para o Brasil, está controlada dentro da meta estabelecida.

Em quarenta e cinco dias terá outra reunião do Copom, o Conselho de Política Monetária, e conforme as novas condições haverá espaço para um novo patamar mais baixo da Selic.

Comandantes, sejam eles de empresas ou de forças armadas, devem dar o exemplo de sobriedade e esperança para seus comandados que estão prontos a dar a própria vida em prol da nação a que pertencem, em caso de guerra ou para empregados de empresas que estão dispostos a trabalhar arduamente para ver crescer a indústria e consequentemente sua família.

Não vejo nas atitudes da FIESP nesse eterno descontentamento uma atitude positiva que impulsione seus trabalhadores e a nação brasileira a trabalhar e perseverar, vejo, pelo contrário, um egoísmo e uma mesquinhez que só traz a desonra desses líderes.

assinado: Helio de Souza Borba

7 comentários:

APOSENTADO INVOCADO 1 disse...

Língua de Trapo boa tarde!
Não mereço tanto , muito obrigado!
Abraços do amigo
Helio
APOSENTADO INVOCADO

MOITAVERDEJANTE disse...

PERFEITO! ESSE PAULO SKAF É ESCROTÍSSIMO! CHEGO A SENTIR NÁUSEAS QUANDO ESSA FIGURA HORROROSA, QUE SÓ VISA INTERESSES DA SUA "TURMA" APARECE PARA ALGUMA ENTREVISTA NO "PIG". QUANDO SERÁ QUE FICAREMOS LIVRES DESTAS CRIATURAS? INCLUO NO "TIME" A MÍRIAM LEITÃO, QUE AO LADO DE PAULO "ESCROTKAF" FORMA A DUPLA MAIS NOJENTA DESSA OPOSIÇÃO SEM RUMO.

Lingua de Trapo disse...

Grande Moitaverdejante, você tem toda razão, o Paulo Skaf é 1000 vezes filho da p...

Gilson Raslan disse...

O que a gente poderia esperar desse tal Paulo Skaf, um sem-indústria presidente da FIESP por imposição de FHC?
Esse assunto está tratado no blog do Nassif. Vale a pena a leitura.

Lingua de Trapo disse...

Caro Gilson, o Paulo Skaf é um fantoche, não sei de quem, mas não passa de um fantoche. Vou conferir lá no Nassif, valeu pela dica e volte sempre.

Anônimo disse...

SÓ OS GRANDES PRESCIDEM DE IDEOLOGIA OU DE RELIGIÃO E FORMAM UMA ÉTICA AMOROSA PRÓPIA!

Anônimo disse...

QUANDO MUITOS PENSAM O MESMO ,NINGUEM ESTÁ PENSANDO.

 

©2009 Língua de Trapo | Template Blue by TNB