QUEM NASCEU PRIMEIRO, O OVO OU A GALINHA ?

|


AGORA SEREMOS TODOS EXCOMUNGADOS !


Detectados ovos falsificados oriundos da China
Macau, China, 20 Fev - por © 2009 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

As autoridades de Macau estão a investigar a composição de ovos falsificados oriundos do continente chinês, detectados depois de uma denúncia de uma cidadã do território, mas os resultados só serão conhecidos terça-feira.

"Amostras de ovos foram enviadas para laboratório para análise e não podemos identificar a sua composição antes de recebermos os resultados", disse à Agência Lusa um responsável do Instituto dos Assuntos Cívicos e Municipais de Macau.

Depois do escândalo de melamina no leite e em diversos produtos lácteos, os bens alimentares oriundos do continente chinês voltaram a estar sob suspeita quando na cidade de Xiamen, província de Fujian, foram detectados os "ovos falsos" e que são descritos como "idênticos" aos verdadeiros, mas com textura e sabores diferentes depois de cozinhados.

A notícia surgiu em Macau depois de uma cidadã se ter queixado às autoridades de ter adquirido ovos falsificados no mercado do Iao Hon, na zona norte da cidade, salientando que a gema é diferente e parece borracha depois de cozinhada.

O mesmo responsável do Instituto dos Assuntos Cívicos e Municipais sustenta que a importação dos ovos falsificados para Macau "só poderá ter ocorrido de forma ilegal" já que as importações são feitas mediante autorização oficial e são recolhidas amostras aleatórias dos produtos importados antes destes entrarem no mercado grossista e de retalho.

Esta é a segunda vez que surgem notícias de ovos falsificados na China, já que em 2005 na região de Guangdong, adjacente a Macau e Hong Kong, já tinham sido detectados.

Além da facilidade com que são produzidos, os ovos falsos são mais baratos do que os verdadeiros e são compostos por químicos como alumina e cloreto cálcico, segundo a imprensa local.

Em Macau, o grupo de coordenação para a segurança dos produtos alimentares apelou à população para apenas adquirir ovos em "locais de confiança e para estar alerta" e desenvolveu operações conjuntas de recolha de amostras de ovos em diversos mercados e estabelecimentos comercias da cidade.

De acordo com a legislação em vigor em Macau, "casos as lojas estejam envolvidas na venda de produtos nocivos à saúde pública ou com aditivos alimentares anormais, os seus responsáveis podem incorrer em responsabilidade criminal, sendo a pena máxima de três anos de prisão", refere uma nota do grupo de coordenação.

Em Hong Kong, o Centro de Segurança de Produtos Alimentares alertou também para a necessidade da população redobrar cuidados na compra de ovos, salientando ainda que serão analisadas todas as importações.
JCS.

3 comentários:

Maybe Tomorrow disse...

Ooooooooooooooops Luiz,você é muito bem informado. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Abr.Yvy

Vendedor de Bananas disse...

inacreditável!
abç

Juliane disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
 

©2009 Língua de Trapo | Template Blue by TNB