MAIS NOTÍCIAS DA CPI DOS GRAMPOS DA VEJA

|

Que novidade!


STF dá liminar para Dantas não ser preso ao depor em CPI
15 de abril de 2009 • 19h42 • atualizado às 22h45

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liminar a Daniel Dantas, controlador do grupo Opportunity, garantindo que o banqueiro não possa ser preso durante depoimento na CPI das Escutas Telefônicas e tenha o direito de ficar calado.

Dantas será ouvido nesta quinta-feira na CPI das Escutas Telefônicas, uma semana depois da oitiva do delegado responsável por sua prisão, Protógenes Queiroz, que também falou protegido por um salvo-conduto do STF. Durante a sessão, Protógenes se negou a responder várias perguntas.

A CPI das Escutas acredita que Dantas tenha contratado a empresa Kroll para espionar irregularmente a Telecom Itália. A suposta espionagem foi investigada pela Operação Chacal, da Polícia Federal.

O ministro Marco Aurélio também garantiu a Dantas o direito de ser acompanhado por um advogado na CPI e tenha o direito de falar com ele durante a sessão. O banqueiro também poderá ter acesso a todas as provas já recolhidas pela comissão de inquérito.

Dantas foi preso duas vezes no ano passado durante a Operação Satiagraha, que investigou crimes financeiros. Ele foi solto nas duas ocasiões, beneficiado por decisões do presidente do Supremo, ministro Gilmar Mendes.

A segunda prisão foi determinada pelo juiz federal Fausto de Sanctis, por corrupção ativa. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), Dantas tentou subornar um delegado da Polícia Federal para que fosse excluído do inquérito da Satiagraha. A decisão de Sanctis irritou o ministro Gilmar Mendes. Dantas foi condenado no processo de corrupção ativa, mas recorre em liberdade.

5 comentários:

Maybe Tomorrow disse...

Luiz, já fez a pipoca? Hoje teremos outra tarde circense. " A CIP DOS AMIGOS DO BANQUEIRO BANDIDO E CONDENADO" . Pode ? Neste país " Tá PODENDO". Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


Abrs

MILICO.MILICO@GMAIL.COM disse...

A FARRA CONTINUA NO GOVERNO LULA...
ASSIM É MOLE!
DINHEIRO FÁCIL,PAGO PELO CIDADÃO BRASILEIRO.
Ministros licenciados voam com passagens pagas pela Câmara e pelo contribuinte brasileiro.

- O Congresso resiste em normatizar o uso das cotas de passagens aéreas pelos parlamentares, novos casos de desvios comprovam a falta de controle do Legislativo no uso do dinheiro público. Contrariando norma interna, deputados que se licenciaram para assumir vagas de ministro de Estado continuaram voando com os créditos de passagens da Casa. E, mais que isso, bancando viagens de parentes e outras pessoas.
Caso de Fábio Faria, que usou passagem da Câmara com Adriane Galisteu, será analisado pela Corregedoria,
Nessa situação estão José Múcio Monteiro (Relações Institucionais), Reinhold Stephanes (Agricultura) e Geddel Vieira Lima (Integração Nacional), segundo o site Congresso em Foco, Múcio, o crédito para fazer 54 viagens, algumas para ele e muitas para assessores e parentes; Stephanes, 15 para ele, a mulher, filha e assessores; e Geddel, 4 vôos para a mulher e as filhas.
São gastos uma bagatela de R$ 80 milhões só com as passagens aéreas.
Quem paga a conta é você eleitor?
URNA NÃO É PRIVADA!
"EU DIGO NÃO Á DILMA."
ESTOU COM O BLOG:
OCOBRADORBRASIL.BLOGSPOT.COM

Anônimo disse...

Curioso comentário do Penico, digo, do Milico acima.

Ele cita nome de ministros ... nao dos partidos a q eles pertencem e, prá cagar de vez na porta do circo, esconde q os mesmos colaboraram diretamente c/ o Boca-de-Sovaco-da-Sorbonne.


Indignado?
Sim, exercício da democracia.


Seletivo?

Vá á merda!

Inté,
Murilo

Carlinhos Medeiros disse...

Caro Luiz;
Minha paciência está completamente esgotada em relação a esta laia de toga venal.

Lingua de Trapo disse...

Caro Bodega, e a minha não?

 

©2009 Língua de Trapo | Template Blue by TNB