JORNALISMO DE MERDA, BOSTA PURINHA, PURINHA!

|

Principal produtora do jornalismo mais mal cheiroso do país demonstra, além da canalhice costumeira, uma ignorância sem proporções ao classificar, como palavrão, o sinônimo de "cocô". E como o cocô deste texto é meu, eu o grafo com acento circunflexo. E vá para merda, junto com a Globo e sua apresentadora com cara de merda, quem me encher o saco por isso!

Pois bem, como este blogueiro que vos escreve não é nenhum literato, recorri a diversos "pais dos burros" para dar embasamento à minha postagem. Lá vai.

Wikipédia, a enciclopédia livre.

Merda (do latim merda [1]) é uma expressão geralmente pejorativa, polissêmica e usada principalmente na linguagem coloquial. Em sentido estrito, é resultado do processo digestivo e refere-se às fezes expelidas por um organismo vivo, usualmente expulsas do corpo pelo ânus. Antigamente, merda, era utilizada na linguagem entre artistas de teatro para desejar boa-sorte.[carece de fontes?]

Em italiano diz-se igualmente merda.

Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
merda (é)
(latim merda, -ae)
s. f.
1. Cal. Excremento humano ou de outros animais.
2. Matérias fecais, dejectos!dejetos.
3. Porcaria, sujidade.
4. Fig. Coisa reles, sem utilidade.
s. m.
5. Indivíduo cobarde, amoral, sem dignidade.
interj.
6. Designativo de repulsão.


Michaellis

mer.da1
sf (lat merda) ch 1 Excremento. 2 Porcaria, sujidade. 3 Coisa sem valor. sm ch Sujeito sem préstimo. interj ch Indica repulsão ou desprezo.


Lula fala palavrão em cerimônia do programa 'Minha Casa, Minha Vida'

'Eu quero saber se o povo está na merda e eu quero tirar o povo da merda'.
Presidente afirmou que fato iria repercutir na mídia.

Do G1, em São Paulo

Durante cerimônia de assinatura de contratos do programa "Minha Casa, Minha Vida", nesta quinta-feira (10), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva falou um palavrão. O evento foi realizado em São Luís, no Maranhão.

"Eu não quero saber se o João Castelo (prefeito de São Luís) é do PSDB, não quero saber se o outro é do PFL, não quero saber se é do PT, eu quero saber se o povo está na merda e eu quero tirar o povo da merda em que ele se encontra. Esse é o dado concreto".

Em seguida, ele disse que o fato iria repercutir na mídia. "Lógico que eu falei um palavrão aqui, amanhã os comentaristas dos grandes jornais vão dizer que o Lula falou um palavrão, mas eu tenho consciência de que eles falam mais palavrão do que eu todo dia e tenho consciência de como é que vive o povo pobre desse país e por isso queremos mudar a história desse país."

5 comentários:

Anônimo disse...

Uai, tá certinho. "cocô" tem acento, mesmo.

Lingua de Trapo disse...

Tá bom então anônimo.

Anônimo disse...

Lula fala como minha mae fala.

Lula fala o q eu q eu falo.

Lula fala como nós falamos, e nao estamos ofendendo a ninguém. Estamos?

E a mídia? Q tome no olho do cú )c/ acento)

Inté,
Murilo

sueli schiavelli jabur disse...

querido amigo, merda é uma palavra que não ofende ninguém, está no linguajar de todos, até de pretensos intelectuais, que venderam tudo que pertencia ao povo por preço de bananas, pelo ao menos lula, com a sua pouca erudição, fez e está fazendo, o que os PHDs da vida não conseguiram, temos que reconhecer quando um homem tem valor, independente de paixões partidários, credo, raça, e nível cultural, não sou petista, mas o moço está dando um banho nos intelectualoídes deste país, e quem se ofender com merda, bosta neles, bjs

vera disse...

antes um que fale a palavra merda,do que uns outros aí que não falam a palavra,mas fazem a merda completa.

 

©2009 Língua de Trapo | Template Blue by TNB