PIBÃO - NÃO SOMOS FILHOS DA BOLHA MAS, O JABOR, É UM GRANDESSíSSIMO FILHO DA PUTA

|

Lambido do Blog da Cidadania, inclusive o título do post, comentário do leitor Wilson Alves.

O leitor Daniel Xavier achou o vídeo de comentário de Arnaldo Jabor no Jornal da Globo de 7 de outubro de 2008, o qual a emissora excluiu do arquivo do telejornal em seu site e que citei no post Duas Apostas sobre nós. O comentarista comemora o agravamento da crise econômica internacional no Brasil e desafia Lula a superá-la. E, de quebra, o leitor ainda encontrou outro comentário do mesmo Jabor no mesmo Jornal da Globo em 31 de janeiro de 2009 repetindo quase a mesma coisa.


Jornal da Globo – 7 de outubro de 2008




Jornal da Globo – 31 de janeiro de 2009

6 comentários:

VERA disse...

Gennnte! Vcs têm razão! Esse Jaburu é mesmo um FILHO DA PUTA! Se tivesse um pingo de vergonha na cara (e sabemos que ele não a tem), sumiria do mapa, depois da "surra" de Economia que levou do "analfabeto" Luís Inácio Lula da Silva! Quanta boçalidade! Vai pra casa, Jaburu, vai! Vai esconder sua mediocridade! Lacaio do PIG!

Esquerdopata disse...

Eu não assisti e não gostei. Recuso-me a ouvir ou ler essa gente.

Jabor é um cineasta fracassado, um comentarista canalha, um colunista imbecil e seu e-mail é ajabor@terra.com.br

André disse...

É isso ai Vera.
Aproveito para mandar a definição de Jaburu este ciconiforme.

Classificação morfossintática:
- [jaburu] substantivo masc singular .
Sinônimos: feio horrorosa feiosa horrivel horripilante tuiuiu jaburu-moleque rei-dos-tuinins tuiuguaçu tuiuiú tuiuiú-coral .
Antônimos: bonito bonita linda gata gostosa não existem .
Palavras relacionadas: trabuco trubufu baranga demonho feiura total ave ceconiforme ciconiiforme ciconiídeo .

Jbmartins-Contra o Golpe disse...

Este Jabor, ja era, um fracassado, igual a fracasso que apoia(por ganha para isto) com a derrota, será um comentarista a menos a nos encher o saco.

Dois disse...

aproveitando, me corrija por favor pois sou leigo no assunto. se ouve muito hoje críticas ao governo quando se fala em redução de impostos, se usa muito na mídia hoje comparar o ocorrido durante o tempo em que o IPI foi reduzido, que as pessoas compraram mais, as empresas ganharam mais, e isso e aquilo e que depois tudo despencou drasticamente, mas eu me engano ou esquecem de dizer as pessoas que com uma "reforma tributária" a econômia muda, ou seja, caso haja a reforma o poder da moeda perante o deus mercado será também modificado, diretamente dizendo, "seu salário não valerá tanto no mercado pós "complexa reforma" como valeu durante a "simples redução", isso procede?

Lingua de Trapo disse...

1) Quem fala hoje em redução de impostos é quem nunca pagou, pois repassa para o consumidor final. 2)Quem elevou a carga tributária para o patamar atual foi FHC, quando da quebradeira do Brasil em 1999. 3) Ninguém quer, de verdade, uma reforma tributária séria. O que alguns querem é, de fato, descentralizar da União para os Estados e Municípios a parte que lhe cabe atualmente. Reduzir o poder da União. Na minha opinião, na mão de estados e municípios a roubalheira de dinheiro público é infinitamente maior do que na situação atual. Não é questão fiscal, é de política e de poder.

Morou?

 

©2009 Língua de Trapo | Template Blue by TNB