A BAIXARIA NÃO PODE VENCER A ESPERANÇA

|

Lambido do Portal Terra

"Difamação" de Dilma aumentou rejeição à candidata, diz Sensus

Um suposto processo de difamação contra a candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff, aumentou a rejeição ao nome da presidenciável, informou nesta quinta-feira (14) a pesquisa do Instituto Sensus encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). O índice de rejeição da petista aumentou de 32,6% em setembro para 35,4% no levantamento consolidado em outubro.

"Nessa eleição, principalmente no final do primeiro turno, temos um fenômeno sociológico de natureza cultural de desconstrução de imagens. O processo de difamação até certo ponto, pegou", avaliou o diretor do Instituto Sensus, Ricardo Guedes.

"Há um fenômeno sociológico novo no processo de eleição que será analisado. A difamação da candidata Dilma teve um peso muito forte na reta final do primeiro turno. Não vamos fazer prognóstico", completou o presidente da CNT, Clésio Andrade.

O levantamento CNT/Sensus, que antes do dia 3 de outubro chegou a garantir uma vitória dilmista na primeira etapa do pleito, justificou nesta quinta a perda de votos da ex-ministra da Casa Civil ao episódio envolvendo Erenice Guerra, além da polêmica sobre uma suposta defesa da descriminalização do aborto.

"O caso Erenice e a questão do aborto foram extremamente trabalhados, fortemente trabalhados na Internet. Não se sabe até que ponto isso vai continuar afetando", comentou Andrade. "O caso Erenice foi o que tirou o grosso da quantidade de votos. Possivelmente a difamação sobre o aborto é o que fez (o revés na) reta final (do primeiro turno)", disse Guedes.

Pesquisa do Instituto Sensus encomendada pela CNT aponta liderança da candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff, com 52,3%. O tucano José Serra, por sua vez, registra 47,7% da preferência do eleitorado considerando os votos válidos. Na pesquisa estimulada, quando são medidos os votos totais, a pesquisa registra, no entanto, empate técnico entre os dois presidenciáveis, com Dilma computando 46,8% e Serra, 42,7%. Nesta situação, votos brancos e nulos chegam a 4,0%. Eleitores indecisos atingem o patamar de 6,6%. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

O levantamento CNT/Sensus foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 35560/2010.

8 comentários:

Universae disse...

Um suposto processo de difamação contra a candidata...

SUPOSTO!!!!!

O terra (PIG) deve estar brincando.

Dois disse...

o que é uma vergonha, nunca havia visto um candidato ir tão baixo para conseguir um cargo político como faz serra, mas toda soberba tem sua punição.

Jbmartins-Contra o Golpe disse...

Estamos vivendo um Grande Golpe Midiatico, a corrupção do Zerra não é pautada na midia. para vencer a eleição deverá haver uma mobilização da militancia Urgente

Jbmartins-Contra o Golpe disse...

Estamos vivendo um Grande Golpe Midiatico, a corrupção do Zerra não é pautada na midia. para vencer a eleição deverá haver uma mobilização da militancia Urgente

Anônimo disse...

Fico pensando se o vice de Marina fosse o Indío. Já perderia a eleição. A mídia já teria associado ele ao DF de Roriz e publicado o vídeo dele. O grande problema também é que a equipe de Dilma não usa as forças que tem.

Semana que vem parece que a Dilma vai crescer - eles acordaram - até que enfim... Terá o manifesto de Chico Buarque e outros, evangélicos e o apoio de Marina. Tomara que isso ocorra. E acho que a Record vai bater no Serra

Anônimo disse...

desculpem:

não é vice de Marina, é vice de Dilma. Há um perigo muito maior do que o Serra, é o Índio que representa o DEM e todo o seu atraso. Mas a equipe de Dilma não explora o fracasso desse vice.

Karla disse...

Trapo,

até agora não entendi. Dilma no primeiro turno 47%. No segundo turno 48%. Isso quer dizer que Dilma conquistou apenas 1% do eleitorado da Marina. Nunca imaginei que Serra teria tanta identidade assim com Marina não. Herdou os outros 19%. Como a mídia é esperta, tratou de transferir todos os votos da Marina pro Serra, mesmo antes dela se posicionar.

Anônimo disse...

Tenho uma dúvida: Será que na pesquisa do IBOPE o Montenegro não incluiu os 6% da Erenice?


kkkkkkkkkkkkk........

 

©2009 Língua de Trapo | Template Blue by TNB