FOGO AMIGO - PSDB E DEM IMPULSIONAM A CAMPANHA DE DILMA ROUSSEF

|


Há cerca de um ano, a dupla PSDB/DEM e a mídia que os serve têm, sucessivamente, disparado contra o próprio pé na tentativa de desmoralizar a Ministra Dilma Roussef. Neste período já foram protagonizadas várias situações constrangedoras para os algozes da Ministra. Quem não se lembra, por exemplo, do tal dossiê das despesas pessoais de FHC vazado para a Veja pelo Senador Álvaro Dias, ou da cara de tacho com que ficou o Senador José Agripino Maia quando quis fazer um gracejo e acabou por tomar uma sova monumental da Ministra Dilma, ao vivo e cores para todo o Brasil? Eu me diverti muito.

Pois bem, todos estes episódios e mais outros tantos só serviram para aumentar a visibilidade da Ministra Dilma Roussef e expor ao país a forma suja, rasteira, preconceituosa e sem qualquer preocupação com o interesse público com que a oposição faz política, se é que pode chamar isso de "fazer política". Além do mais, percebe-se, nitidamente, que tanto esses políticos quanto a mídia que os apóia vêm caindo no descrédito da população e, servindo tão somente de motivo de chacota para os apoiadores de Dilma Roussef, que se deliciam com suas trapalhadas, inclusive este que vos escreve.

Agora mais essa, mas quanto a nós, só aguardamos o resultado da próxima pesquisas de intenção de votos para 2010.

Salve a oposição brasileira!


Procuradoria Eleitoral conclui que Lula e Dilma não fizeram campanha antecipada. Órgão recomenda que TSE rejeite pedidos do PSDB e DEM.
Diego Abreu Do G1, em Brasília

1900JC0157.jpg

A Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE) enviou parecer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta sexta-feira (13), no qual conclui que não houve campanha antecipada por parte do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, no Encontro Nacional de Novos Prefeitos e Prefeitas, realizado em Brasília nos dias 10 e 11 de fevereiro.

No documento, assinado pelo vice-procurador-geral eleitoral, Francisco Xavier, a PGE recomenda que o TSE rejeite os pedidos do PSDB e DEM, que entraram com representação na Corte contra o presidente e a ministra. A representação do DEM e PSDB será analisada em data ainda não definida pelo plenário do TSE. O relator do processo é o ministro Arnaldo Versani.

Na representação, os partidos de oposição ao governo pedem a aplicação de multa a Lula e Dilma, pois avaliam que o evento que reuniu mais de 3,5 mil prefeitos teve caráter eleitoreiro. “Esse encontro dos prefeitos, aliás, se constituiu em evento suprapartidário, no qual compareceram prefeitos de todas as legendas partidárias”, disse o vice-precurador, no parecer.

Xavier ressalta que até mesmo o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM), acompanhou Lula na abertura dos trabalhos e, inclusive, discursou na ocasião. “Na realidade, não se pode ter como meramente eleitoreiro um evento dessa natureza. Até o governador José Serra, filiado ao PSDB, também realizou, em 18/2/2009, encontro com prefeitos paulistas, sem sofrer os incômodos de uma representação”, destaca trecho do documento.

1 Comentário:

Maybe Tomorrow disse...

É Luiz, com certeza os "meninos" estão desesperados. Qual será a próxima manobra?
Esperemos... Abr.

 

©2009 Língua de Trapo | Template Blue by TNB