PARA UM BOM ENTENDEDOR, UM PINGO É LETRA - DESISTÊNCIA DE AÉCIO É TRAIÇÃO CERTA NO NINHO DOS TUCANOS. BYE-BYE SERRA!

|

Aécio Neves desiste de disputar a Presidência em 2010

Governador limitou-se a comunicar a desistência, não fechando as portas para uma possível candidatura à vice-presidência ou ao Senado


ABR/ARQUIVO

Aécio Neves ainda pode ser candidato ao Senado ou à vice-presidência

Aécio Neves ainda pode ser candidato ao Senado ou à vice-presidência

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), anunciou nesta quinta-feira (17) que desistiu de disputar a sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Aécio disputava a indicação do partido com o governador de São Paulo, José Serra.

Antes de tomar a decisão, o governador passou a manhã reunido com o presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), no palácio das Mangabeiras, a residência oficial do governo.

Em entrevista coletiva agora à pouco, Aécio limitou-se a comunicar a desistência, não fechando as portas para uma possível candidatura à vice-presidência ou ao Senado.

Aécio defendia que os tucanos convocassem prévias para decidir quem seria o candidato do partido no ano que vem. Serra, no entanto, ainda não admite sua candidatura, mas lidera pesquisas de intenção de voto para 2010. Com a desistência do mineiro, o governador paulista fica com o caminho livre para se candidatar no ano que vem.

A principal adversária de Serra deve ser a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à sucessão de Lula. A desistência de Aécio também impulsiona a candidatura do deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) à Presidência. Ciro é desafeto declarado do governador paulista e já disse que desistiria da disputa caso Aécio fosse o candidato tucano.

5 comentários:

RicharD e AmigoS disse...

Desistir do que nunca foi sequer cogitado, desistir quando a única agenda disponivel o choque de gestão, explodiu com a crise. Em bom mineireiss eu digo a todos: "preocupa não!" pulitica é assim mermo.

JBmartins disse...

O projeto é outro, tem muita agua para alagar o tiete, pode mudar muita coisa, ele vai ficar quieto, agora o cara sentiu que Serra é muito blindado, o caos que anda São Paulo, e não respingou nada em Serra, e o Aécio entende de Blindagem, olhem aqui
http://www.revistaforum.com.br/sitefinal/EdicaoNoticiaIntegra.asp?id_artigo=1403

anais disse...

Lingua, será uma satisfação e um prazer ter meu texto reproduzido em seu blog. Não precisa nem pedir.
abraços!

Anônimo disse...

Nao acredito nessas "desistencias" bem convenientes, por sinal, qdo a coisa parte de lá, do ninho das cobras bicudas.

Aí tem!

Vamos chacoalhar esse bambuzal, pois aí tem.

Inté,
Murilo

Anônimo disse...

Não é uma pseudo saída, pois nunca foi uma opção real. Logo é apenas um confirmação !!!

Não tem volta. E isso não é torcida é análise política: Aécio NUNCA fez outra coisa na vida a não ser desempenhar cargos públicos. Sendo assim, ele não se arriscaria a trocar uma eleição para presidente ou vice-presidente, totalmente incerta, por uma eleição para o Senado garantida.

Este é o resumo da ópera !!!

O Aécio é um político profissional de carreira (sem trocadilhos por favor).
O Aécio só pensa no seu futuro próprio...com ele não tem essa balela de fazer o que for melhor para o partido.

Comparação: A Heloísa Helena abdicou de uma reeleição GARANTIDA para o senado, por Alagoas, para que o seu partido, o PSOL, tivesse um crescimento expressivo e se mantivesse no cenário político nacional. (Detalhe: com esta decisão ela abriu na última hora, uma chance para o Collor se eleger). Resultado: Heloísa Helena ficou quatro anos sem um cargo público.

Não espere atitudes "heróicas" e abnegadas de dois políticos profissionais como Serra e Aécio. Eles só pensam em si.

Por isso eu coloco os dois, dentro de suas melhores condições eleitorais: Serra para governo de SP (eleição muito apertado tendo Ciro Gomes como adversário) e Aécio, para o Senado por Minas.

A cabeça dos políticos mineiro funciona assim:

Um bom acordo é aquele onde cada lado acha que está "passando a perna" no outro, deixando o outro lado satisfeito, pensando que está conseguindo o contrário.

Em geral os dois lados sabem que o outro pensa assim, mas cada um dissimula "humildade", se fazendo de "enganado", no fundo acreditando que está sendo o mais astuto.

 

©2009 Língua de Trapo | Template Blue by TNB