EM NOVA PASSAGEM POR BH, ZÉ PEDÁGIO, QUE É DA MESMA LAIA DE AÉCIO E ANASTASIA, FOI RECEBIDO COM PÉTALAS DE ROSAS PELOS PROFESSORES EM GREVE

|


Pré-candidatos falam sobre Fundo de Participação dos Municípios e reforma tributária
06/05/2010 17h59
KARINA ALVES/JUVERCY JÚNIOR
Siga em: www.twitter.com/Otempoonline


Os três principais pré-candidatos à Presidência da República, José Serra (PSDB), Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PV) encerraram o debate na tarde desta quinta-feira, no Expominas, em clima de cortesia, apesar das intervenções de manifestantes antes do início das discussões.

Pouco antes do debate começar, cerca de cem grevistas da rede estadual de ensino se reuniram na porta do local para protestar contra a atual política salarial. Alguns deles conseguiram furar o bloqueio policial que foi formado e tentaram agredir José Serra (PSDB). Os manifestantes foram contidos pelo Batalhão de Choque da Polícia Militar e houve bate-boca ao lado de fora.

Centenas de pessoas, entre prefeitos de cidades mineiras e jornalistas acompanharam o debate. Os pré-candidatos discutiram principalmente temas como educação, royalties e reforma tributária.

Um dos pontos de discordância entre Serra e Dilma foi o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que ficou prejudicado quando o governo optou em reduzir o IPI para fazer a economia crescer. Dilma ressaltou que os cortes foram importantes para a recuperação do país no cenário de crise mundial. Serra, por sua vez, sustentou que o total do prejuízo não foi coberto.

Marina Silva, seguindo outro caminho na discussão, citou a CPMF para exemplificar a questão da ética no governo, acima de adversidades partidárias. “Os que eram a favor agora votaram contra. E os que eram contra votaram a favor. Temos que acabar com a ética de circunstâncias e apostar na ética de valores”.

Sobre a reforma tributária, tanto Serra quanto Marina concordaram que o assunto não saiu do papel ainda porque os partidos tem propostas divergentes, apesar de todos concordarem que as mudanças são necessárias. Serra afirmou que é muito difícil fazer a reforma tributária sem discutir a questão dos impostos que são cobrados pelo governo federal. Sob aplausos dos presentes, Marina Silva afirmou que a reforma tributária é consensual entre os partidos, mas não sai do papel.

A pré-candidata petista teve aprovação de boa parte dos prefeitos presentes. “Tenho orgulho de ver os projetos apresentados pelos prefeitos de Minas Gerais”, afirmou sob aplausos de grande parte dos presentes. Ao falar sobre investimentos, ela afirmou que a pavimentação de ruas e verbas destinadas a escolas e creches de Minas estão incluídas no PAC 2.

Atualizada às 18h26.

4 comentários:

Anônimo disse...

DOCUMENTO DE CAMPANHA DO PSDB É FEITO COM TIMBRE DA CÂMARA


MARCELA ROCHA – TERRA - 07 de maio de 2010 • 15h18

A imagem ao lado é um fac-símile do ofício um tanto quanto inusitado recebido pelo líder do governo na Câmara dos Deputados, Cândido Vaccarezza, nesta segunda-feira (3). Vindo do gabinete do também líder Paulo Bornhausen (DEM), o documento orienta parlamentares da oposição sobre como fazer a campanha do pré-candidato tucano, José Serra. Temas a serem abordados e como serem abordados permeiam as quatro páginas com o timbre da Casa.
As orientações são feitas pela coordenação de comunicação da campanha de Serra e repassadas a parlamentares do DEM, PPS e PSDB. Segundo Bornhausen, esta é "uma maneira efetiva" de participarem da "dura campanha que se prenuncia". O primeiro tema a ser abordado no documento é a Lei de Responsabilidade Fiscal. Segundo as orientações, os parlamentares devem traduzir o tema, "que é complexo", para a população e caracterizá-lo como "herança maligna de Lula".
O tema seguinte diz respeito à "Continuidade X Avanço". Tacitamente, a coordenação coloca que a palavra a ser usada pelos "aliados de Serra" deve ser "Avanço" e não "Continuidade", porque a primeira "expressa salto de qualidade, que ultrapassa a ideia de mera continuação".
Se forem questionados sobre por que mudar se o governo está bom, os parlamentares têm linhas gerais de respostas: "continuidade é ao que o governo Lula continuou: aos fundamentos econômicos decorrentes do Plano Real, da Lei de Responsabilidade Fiscal, das metas de inflação...". Ou então: "continuidade ao que ele (Lula) continuou na política social (Bolsa Família). O grande mérito do governo Lula foi ter percebido a importância do que vinha sendo feito".
Quando o assunto é "privatizações", a orientação é enfrentar "o mito das privatizações, cujos frutos o governo Lula hoje colhe e proclama (...)".
Segundo matéria publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, também saíram dos gabinetes dos deputados Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM)-BA) e João Pizzolatti (PP-SC) emails ofensivos à pré-candidata petista, Dilma Rousseff. O líder do PT encaminhou ao presidente da Câmara Michel Temer (PMDB) uma notificação para que fosse apurado o uso indevido da estrutura da Casa com fins de campanha eleitoral.
Bornhausen já restituiu aos cofres do Tesouro os valores gastos na impressão do material. Vaccarezza disse, em seu Twitter, que aguarda retratações do líder do DEM.
http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/noticias/0,,OI4419358-EI15315,00-Documento+de+campanha+do+PSDB+e+feito+com+timbre+da+Camara.html


Comentário do Brizola Neto, do Blog Tijolaço. Só 1 trecho:

E aí entra a segunda questão:
quem está espalhando sistematicamente esta sordidez de apontar Dilma como assassina e assaltante? Posso dar uma dica: quem começou foi a própria Folha, ao abrir suas páginas para reproduzir uma montagem apócrifa tirada da internet, com uma ficha falsa do Dops, ilustrando uma entrevista com uma pessoa que nega ter dito o que o jornal coloca em sua boca.

ACHEI FRACA, embora bem intencionada, a reação do líder do PT, Cândido Vacarezza, de pedir uma sindicância à Mesa da Câmara para apurar o episódio. O comando do PT não pode ficar indo, como dizia Machado de Assis, “de borzeguins ao leito”.

É direto no TSE.

DÊMUSICA disse...

PARABÉNS AOS PROFESSORES DO ESTADO QUE ESTÃO OFERECENDO A RESISTÊNCIA NECESSÁRIA A ESTE GOVERNINHO DE M. MENTIROSO E DETENTOR DA MÍDIA PAGA. ANAST(ASIA) E O HERDEIRO DE TANCREDO VÃO SE LASCAR NESSA CAMPANHA. ERA SÓ O QUE FALTAVA, PROFESSOR APANHAR DOS HOME SÓ POR SE MANISFESTAREM, QUE ISSO?!?!?!
ONDE ESTAMOS? QUE TEMPO É ESSE???
PARABÉNS PROFS.
LUTEM! RECEBAM A ALTURA DA PROFISSÃO, Ñ RETORNEM, O ESTADO TÁ COM MEDO, PROVA É QUE RECUARAM E ESSE DESEMBARGADORZINHO JULGOU SEM SABER QUE VCS AVISARAM COM ATENCEDÊNCIA MAIOR QUE 72 HORAS. QUERO VER A CARA DE TACHO DELE PRÁ VOLTAR ATRÁS

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - disse...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo


Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

byebyeserra disse...

O Caos na Saúde em MG está preocupando Serra. Especialmente uma doença chamada Dilmasia.

Ele tomou algumas providências, mas não adiantaram muito.

A doença está se alastrando...

http://byebyeserra.wordpress.com/2010/05/11/caos-na-saude-epidemia-mineira-alastra-se-pelo-brasil/

 

©2009 Língua de Trapo | Template Blue by TNB